Assistência Social 2019 – proteção básica

SERVIÇO DE  CONVIVÊNCIA  E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS 
  • ATÉ 6 ANOS
  • 6 A 17 ANOS
  • 18 ATÉ 59 ANOS
  • MAIS DE 60 ANOS
SERVIÇO DE  CONVIVÊNCIA  E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS
MODALIDADE I – ATÉ 6 ANOS DE IDADE

 

Segmento: crianças e adolescentes de 0 á 6 anos

Endereço do local da realização do Projeto:

Rua dos Pássaros, 129 CEP. 09784-060 –  Montanhão / Vila São Pedro - S.B.C.

Rua Arlindo Aparecido da Silva, 13 -  CEP. 09790-710 - Golden Park/Vila São José  - S.B.C.

 Abrangência Territorial: Município de São Bernardo do Campo

 Descrição: O Serviço tem por foco o desenvolvimento de atividades lúdicas e reflexivas com crianças e seus cuidadores para fortalecer vínculos e prevenir ocorrências de situações de exclusão social, negligencias e de risco, em especial a violência doméstica e o trabalho infantil.

Objetivos: Criar espaços de reflexão sobre o papel das famílias na proteção das crianças de 0 á 6 anos e no processo de desenvolvimento infantil com estratégias para estimular suas potencialidades, sejam elas com deficiência ou não. Favorecer a interação entre crianças do mesmo ciclo etário e valorizar a cultura de famílias e comunidade locais, pelo resgate de seus brinquedos e brincadeiras na promoção de vivencias lúdicas.

Público alvo: 40 (quarenta) crianças de 0 ate 6 anos de idade

Capacidade de atendimento: Os espaços possuem capacidade para atendimentos individuais e em grupo de até 20 integrantes.

 Período de realização: janeiro a dezembro de 2019.

 Resultados Obtidos:

  • Boa frequência aos grupos e envolvimento com os temas e atividades propostas;
  • Boa evolução no fortalecimento de vínculos e administração de intervenções saudáveis relativas as crianças;

Trabalho com as Famílias: O trabalho com as famílias é realizado pelo Serviço Social, busca o empoderamento familiar através de atendimento individual, grupo para interação entre a criança e seu responsável a partir de atividades lúdicas como: nos grupos de 0 até 3 anos, no qual a criança e o cuidador participam juntos, houve contação de historias, teatro de fantoches, cantigas de roda e de ninar, reflexão sobre a identidade, o desenvolvimento e a rotina da criança, a importância do brincar junto ao adulto cuidador, oficinas sobre saúde, vacinação, higiene e alimentação saudável, massagem relaxante nos bebes, oficina sensorial e de pintura. Com as crianças de 4 até 6 anos realizamos atividades de corpo e movimento, leitura, visitas a praças e parques, contribuindo para o aprendizado em diversas áreas. Todas as atividades pautadas na ludicidade, pois através do brincar as crianças aprendem muito sobre o mundo que as rodeiam. 

As estratégias de atendimento e atuação do profissional de Serviço Social foram formatadas para garantir:

  • A efetivação dos direitos e valorização das crianças atendidas, bem como de seus familiares;
  • A participação ativa da família em todo o processo de desenvolvimento integral;
  • A motivação da capacidade pessoal e familiar de enfrentamento das questões sociais.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento dos Vínculos (SCFV), complementa o trabalho social com famílias ofertado pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e pelo Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI), da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Todas as ações do SCFV são planejadas com a finalidade de fortalecer os vínculos familiares e comunitários por meio de intervenções sociais, criando situações desafiadoras e estimulantes, orientando os usuários na reconstrução de suas histórias.

 Fontes de Recursos: Estaduais e Recursos Próprios

Nº Total de beneficiários atendidos: 57 (cinquenta e sete) na Vila São Pedro e 43 (quarenta e três) na Vila São José

Atividades Extras: As crianças e suas famílias participaram da entrega de brinquedos, efetuada por parceiros do Instituto, prestigiaram a apresentação da Banda Mirim em evento promovido pelo Fundo Social de Solidariedade, Arraial do Instituto Jêsue,  confraternização de final de ano e Festa da Vitoria.

Encaminhamento para a Rede

Quantidade

Locais

8

CAD Único

17

CRAS I

2

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

1

DEFENSORIA PUBLICA

3

ASSISTENCIA JURIDICA GRATUITA FACULDADE DE DIREITO

22

CENTRAL DE TRABALHO E RENDA

Recursos Humanos: Equipe Técnica do Projeto

Quant.

Cargo

Formação

Carga Horária

Vinculo

01

Supervisor Social

Serviço Social

10 horas/ semanal

CLT

01

Resp. Téc. Social

Serviço Social

40 horas/ semanal

CLT

01

Instrutor de Arte Educação

Ensino Médio

30 horas/ semanal

MEI

01

Educadora Social

Superior Completo

30 horas / semanal

MEI

Infraestrutura – (Vila São Pedro) Recursos Materiais do projeto especifico

Quantidade

Descrição – Imóvel

02

Sanitários

01

Cozinha/Copa

01

Recepção

01

Sala para grupos de famílias

03

Sala para grupos de crianças

01

Salas de atendimento individual

01

Sala de Convivência para adultos

Infraestrutura – (Vila São José) Recursos Materiais do projeto especifico

Quantidade

Descrição – Imóvel

01

Mesa escritório

20

Carteira universitária

04

Cadeira de madeira

01

Sala para grupos e/ou atendimento individual

Capacitação da Equipe

Frequência

Tipo

Tema

Quantidade e Função/Quem participou

Mensal

Reuniões Técnicas

Planejamentos de temas para grupos, visitas domiciliares; formação em boas praticas no atendimento com familias; reunião de orientação com técnica de referencia do DG SUAS com educadora (SCFV);

Discussões de casos e encaminhamentos; Produções mensais de relatórios.

04 encontros/

02 Educ. Social

01 Resp. Tec. Social

Mensal

Reuniões de Supervisão e Direção

Para orientações relacionadas a demandas externas e internas das unidades de atendimentos.

Orientações referentes à execução dos serviços

Formações e Orientações referentes a Instituição

2 encontros/

01 Sup. Serv. Social

01 Resp. Tec. Social

Mensal

Reuniões com a Rede de Serviços socioassistenciais

Reuniões de Rede com CRAS I, tivemos visitas Institucionais para recebimento de demandas e orientações relativas ao território, acompanhamento de metas e encaminhamentos para referência e contrareferência, referenciamentos coletivos Audiência Pública: Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, visita ao Ministério Público Regional de SBC, e a Casa de Apoio Marcia Dangremon, Formação de Educadores, Visita de técnico de referencia do DG SUAS, encontro técnico DG SUAS na SAS, reunião com equipe de monitoramento do DG SUAS na SAS, reunião técnica de orientação para elaboração de proposta e plano de trabalho – SCFV, reunião com equipe de monitoramento do DG SUAS e CRAS I para preenchimento do Senso SUAS , Palestra sobre Prevenção ao Suicídio, Reunião Ampliada do CMAS no CAMP e Semanário “Dialogando sobre o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher”.

24 encontros

01 – Superv. Social

02 - Resp. Tec. Social

SERVIÇO DE  CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS
MODALIDADE II -  6 A 17 ANOS DE IDADE

  

Segmento: crianças e adolescentes de 6 á 17 anos

Endereço do local da realização do Projeto:

Rua dos Pássaros, 129 CEP. 09784-060 –  Montanhão /Vila São Pedro - S.B.C.

Rua Luisiana, 511 – Vila Santa Luzia/Taboão - S.B.C. – SP

 

Abrangência Territorial: Município de São Bernardo do Campo

 

Descrição: O Serviço tem por foco o desenvolvimento de atividades lúdicas e reflexivas com crianças, adolescentes, familiares, adultos e a comunidade, para fortalecer vínculos e prevenir ocorrências de situações de exclusão social, negligencias e de risco, em especial a violência doméstica e o trabalho infantil.

 

Objetivos:

Complementar as ações da família e da comunidade na proteção e no desenvolvimento de crianças e adolescentes de 6 ate 17 anos e no fortalecimento dos vínculos familiares e sociais; Assegurar espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo; Possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural das crianças e adolescentes, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e propiciar sua formação cidadã; Estimular a participação na vida pública do território e desenvolver competências para a compreensão crítica da realidade social e do mundo contemporâneo; Contribuir para a inserção, reinserção e permanência no sistema educacional. Propiciar vivências para o alcance de autonomia e protagonismo social; especificamente para o público de 15 á 17 anos, possibilitar o reconhecimento do trabalho e da educação como direitos de cidadania e desenvolver conhecimentos sobre o mundo do trabalho e competências específicas básicas.

 

Público alvo: 135 (cento e trinta e cinco) crianças e adolescentes de 6 ate 17 anos de idade

 

Capacidade de atendimento: Os espaços possuem capacidade para atendimentos individuais e em grupo de até 30 integrantes.

 

Período de realização: janeiro a dezembro de 2019.

 

Resultados Obtidos:

  • Boa frequência escolar e conscientização das que não frequentavam a escola com regularidade;
  • Boa frequência aos grupos e envolvimento com os temas e atividades propostas;
  • Boa evolução no fortalecimento de vínculos e administração de conflitos;

 

O Serviço de Convivência e Fortalecimento dos Vínculos (SCFV), complementa o trabalho social com famílias ofertado pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e pelo Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI), da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Todas as ações do SCFV são planejadas com a finalidade de fortalecer os vínculos familiares e comunitários por meio de intervenções sociais, criando situações desafiadoras e estimulantes, orientando os usuários na reconstrução de suas histórias.

Trabalho com as Famílias: O trabalho com as famílias é realizado pelo Serviço Social, busca o empoderamento familiar através de atendimento individual, rodas de conversa, palestras e encontros temáticos. As estratégias de atendimento e atuação do profissional de Serviço Social foram formatadas para garantir:

  • A efetivação dos direitos e valorização das crianças e adolescentes atendidos, bem como de seus familiares;
  • A participação ativa da família em todo o processo de desenvolvimento integral;
  • A motivação da capacidade pessoal e familiar de enfrentamento das questões sociais.

 

Fontes de Recursos: Estaduais e Recursos Próprios

 

Nº Total de beneficiários atendidos: 148 (cento e quarenta e oito) na Vila São Pedro e 50 (cinquenta  ) no Taboão.

 

Atividades Extras: As crianças, adolescentes e suas famílias participaram de ida ao Teatro Salvador Arena para assistirem a Peça Teatral “A Magia das Fadas, Príncipes e Princesas”, recebimento de brinquedos através de parcerias entre Instituições e o Fundo Social de Solidariedade, oficinas de skate, oficinas de instrumentos musicais (a partir de parceria entre o Fundo de Solidariedade e o Centro Livre de Musica – o grupo compôs a Banda Mirim que se apresentou no Jantar de aniversario da cidade e Evento para doações do Fundo Social de Solidaria às Osc’s) e Festa da Vitória.

Encaminhamento para a Rede

Quantidade

Locais

8

CAD Único

17

CRAS I

2

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

1

DEFENSORIA PUBLICA

3

ASSISTENCIA JURIDICA GRATUITA FACULDADE DE DIREITO

22

CENTRAL DE TRABALHO E RENDA

 

Recursos Humanos: Equipe Técnica do Projeto

Quant.

Cargo

Formação

Carga Horária

Vinculo

01

Supervisor Social

Serviço Social

10 horas/semanal

CLT

01

Resp. Téc. Social

Serviço Social

40 horas/semanal

CLT

01

Auxiliar de Cozinha

Ensino Médio

30 horas/semanal

CLT

01

Educadora Social

Pedagogia

30 horas/semanal

MEI

01

Instrutor de Arte Educação

Ensino Médio

30 horas/semanal

MEI

 

 

Infraestrutura – (Vila Santa Luzia) Recursos Materiais do projeto especifico

Quantidade

Descrição imóvel

01

Sala para profissionais e acolhida

01

Sala de atendimento individual

01

Sala de atendimento em grupo

03

Sanitários

01

Pátio coberto

01

Sala para atividades com as crianças

 

Capacitação da Equipe

Frequência

Tipo

Tema

Quantidade e Função/Quem participou

2 mensais / por unidade

Reuniões Técnicas

Planejamentos de temas para grupos, visitas domiciliares; formação em boas praticas no atendimento com famílias; reunião de orientação com técnica de referencia do DG SUAS com educadora (SCFV);

Discussões de casos e encaminhamentos; Produções mensais de relatórios.

04 encontros/

02 Educ. Social

01 Resp. Tec. Social

Mensal

Reuniões de Supervisão e Direção

Para orientações relacionadas a demandas externas e internas das unidades de atendimentos.

Orientações referentes à execução dos serviços

Formações e Orientações referentes a Instituição

2 encontros/

01 Sup. Serv. Social

01 Resp. Tec. Social

Mensal

Reuniões com a Rede de Serviços socioassistenciais

Reuniões de Rede com CRAS I, tivemos visitas Institucionais para recebimento de demandas e orientações relativas ao território, acompanhamento de metas e encaminhamentos para referência e contrareferência, referenciamentos coletivos Audiência Pública: Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, visita ao Ministério Público Regional de SBC, e a Casa de Apoio Marcia Dangremon, Formação de Educadores, Visita de técnico de referencia do DG SUAS, encontro técnico DG SUAS na SAS, reunião com equipe de monitoramento do DG SUAS na SAS, reunião técnica de orientação para elaboração de proposta e plano de trabalho – SCFV, reunião com equipe de monitoramento do DG SUAS e CRAS I para preenchimento do Senso SUAS , Palestra sobre Prevenção ao Suicídio, Reunião Ampliada do CMAS no CAMP e Semanário “Dialogando sobre o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher”.

24 encontros/

01 – Superv. Serv. Social

02 - Resp. Tec. Social

 

 

 

SERVIÇO DE  CONVIVÊNCIA  E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS 18 ate 59 anos

Segmento: adultos de 18 a 59 anos

Endereço do local da realização do Projeto:

Rua dos Pássaros, 129 CEP. 09784-060 –  Montanhão /Vila São Pedro - S.B.C.

Rua Arlindo Aparecido da Silva, 13 -  CEP. 09790-710 - Golden Park/Vila São José  - S.B.C.

Rua Luisiana, 511 – Vila Santa Luzia/Taboão - S.B.C. – SP

Abrangência Territorial: Município de São Bernardo do Campo

Descrição: O Serviço tem por foco o desenvolvimento de atividades lúdicas e reflexivas com crianças, adolescentes, familiares, adultos e a comunidade, para fortalecer vínculos e prevenir ocorrências de situações de exclusão social, negligencias e de risco, em especial a violência doméstica e o trabalho infantil.

Objetivos: Complementar as ações da família e da comunidade na proteção e no fortalecimento dos vínculos familiares e sociais, assegurar espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e encontros intergeracionais de modo a desenvolver a sua convivência familiar e comunitária; possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades para novos projetos de vida, propiciar sua formação cidadã e detectar necessidades e motivações, habilidades e talentos, propiciar vivências para o alcance de autonomia e protagonismo social, estimulando a participação na vida pública no território, além de desenvolver competências para a compreensão crítica da realidade social e do mundo moderno, possibilitar o reconhecimento do trabalho e da formação profissional como direito de cidadania e desenvolver conhecimentos sobre o mundo do trabalho e competências específicas básicas, contribuir para a inserção, reinserção e permanência dos adultos no sistema educacional, no mundo do trabalho e no sistema de saúde básica e complementar, quando for o caso, propiciar vivências que valorizam as experiências que estimulem e potencializem a condição de escolher e decidir, contribuindo para o desenvolvimento da autonomia e protagonismo social, ampliando seu espaço de atuação para além do território.

Público alvo: 177 (cento e setenta e sete) adultos de 18 a 59 anos

Capacidade de atendimento: Os espaços possuem capacidade para atendimentos individuais e em grupo de até 30 integrantes.

Período de realização: janeiro a dezembro de 2019.

Resultados Obtidos:

  • Boa frequência aos grupos e envolvimento com os temas e atividades propostas;
  • Boa evolução no fortalecimento de vínculos e administração de conflitos;
  • Boa parte dos atendidos cadastrados no CAD e referenciados no CRAS

Fontes de Recursos: Estaduais e Recursos Próprios

Nº Total de beneficiários atendidos: 161 (cento e sessenta e um) na Vila São Pedro, 44 (quarenta e quatro) na Vila São José e 40 ( quarenta ) no Taboão

Atividades Extras: Algumas famílias e suas crianças  participaram da entrega de brinquedos, efetuada por parceiros do Instituto, prestigiaram a apresentação da Banda Mirim em evento promovido pelo Fundo Social de Solidariedade, Arraial do Instituto Jêsue,  confraternização de final de ano e Festa da Vitoria.

Encaminhamento para a Rede

Quantidade

Locais

8

CAD Único

17

CRAS I

2

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

1

DEFENSORIA PUBLICA

3

ASSISTENCIA JURIDICA GRATUITA FACULDADE DE DIREITO

22

CENTRAL DE TRABALHO E RENDA

 

Recursos Humanos: Equipe Técnica do Projeto

Quant.

Cargo

Formação

Carga Horária

Vinculo

01

Supervisor Social

Serviço Social

 

 

01

Responsável Téc. Social

Serviço Social

40 horas/mes

CLT

01

Auxiliar de Limpeza

Ensino Médio

40 horas/mes

CLT

01

Educador Social

Superior completo

30 horas/ semana

MEI

 

Infraestrutura – (Taboão) Recursos Materiais do projeto especifico

Quantidade

Descrição imóvel

01

Sala para profissionais e acolhida

01

Sala de atendimento individual

01

Sala de atendimento em grupo

03

Sanitários

01

Pátio coberto

01

Sala para atividades com as crianças

 

Capacitação da Equipe

Frequência

Tipo

Tema

Quantidade e Função/Quem participou

Entre 1 e 2 mensais / por unidade

Reuniões Técnicas

Planejamentos de temas para grupos, visitas domiciliares; formação em boas praticas no atendimento com familias; reunião de orientação com técnica de referencia do DG SUAS com educadora (SCFV);

Discussões de casos e encaminhamentos; Produções mensais de relatórios.

04 encontros/

02 Educ. Social

01 Resp. Tec. Social

Mensal

Reuniões de Supervisão e Direção

Para orientações relacionadas a demandas externas e internas das unidades de atendimentos.

Orientações referentes à execução dos serviços

Formações e Orientações referentes a Instituição

2 encontros/

01 Sup. Serv. Social

01 Resp. Tec. Social

Mensal

Reuniões com a Rede de Serviços socioassistenciais

Reuniões de Rede com CRAS I, tivemos visitas Institucionais para recebimento de demandas e orientações relativas ao território, acompanhamento de metas e encaminhamentos para referência e contrareferência, referenciamentos coletivos Audiência Pública: Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, visita ao Ministério Público Regional de SBC, e a Casa de Apoio Marcia Dangremon, Formação de Educadores, Visita de técnico de referencia do DG SUAS, encontro técnico DG SUAS na SAS, reunião com equipe de monitoramento do DG SUAS na SAS, reunião técnica de orientação para elaboração de proposta e plano de trabalho – SCFV, reunião com equipe de monitoramento do DG SUAS e CRAS I para preenchimento do Senso SUAS , Palestra sobre Prevenção ao Suicídio, Reunião Ampliada do CMAS no CAMP e Semanário “Dialogando sobre o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher”.

24 encontros/

01 – Superv. Serv. Social

02 - Resp. Tec. Social

 

 

 

SERVIÇO DE  CONVIVÊNCIA  E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS
MODALIDADE IV -  > DE 60 ANOS

 

 

Atividades Desenvolvidas

 Tipo de Proteção: Proteção Social Básica

 Segmento: Idosos

 Endereço do local da realização do Serviço:

Rua: Camargo, 196 – Pauliceia – São Bernardo do Campo – SP.

Descrição: Tendo em vista o processo de envelhecimento, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idosos, possui um trabalho social que objetiva o desenvolvimento de atividades que contribuam para: o fortalecimento de vínculos familiares e do convívio comunitário, a prevenção de situações de risco social. A intervenção social deve estar pautada nas características, interesses e demandas dessa faixa etária e considerar que a vivencia em grupo, as experimentações artísticas, culturais, esportivas e de lazer e a valorização das experiências vividas constituem formas privilegiadas de expressão, interação e proteção social. 

 

Objetivo: Promover atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável, no desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades, de modo a ampliar trocas culturais e de vivências, a prevenir a institucionalização e a segregação, no fortalecimento dos vínculos familiares e do convívio comunitário e na prevenção de situações de risco social

 

 

Público alvo: Idosos acima de 60 anos e suas famílias

 

Capacidade de atendimento: 20 idosos

 

Período de realização: janeiro a dezembro de 2019.

 

 Resultados Obtidos:

 

  • Convivência e Fortalecimento de vínculos afetivos, familiares e comunitários;
  • Sentimento de pertencimento, autoestima, união e solidariedade;
  • Envolvimento; participação Ativa; Interesse; Interação dos usuários com as Atividades propostas;
  • Promoção do envelhecimento saudável e empoderamento da pessoa idosa em prol do desenvolvimento de sua autonomia e sociabilidade;

 

 

Nº Total de beneficiários atendidos: 22 (vinte e dois) beneficiários atendidos.

 

Recursos Humanos: Equipe Técnica do Projeto

Quant.

Cargo

Formação

Carga Horária

Vínculo

01

Responsável Tec social

Serviço Social

15 h/s

CLT

01

Educadora social

Licenciatura em Musica

02 h/s

Voluntário

 

Infraestrutura – Recursos Materiais do Projeto Específico – SCFV

Quantidade

Descrição imóvel

01

Sala de Acolhimento

01

Sala para atividades com os idosos

02

Sanitários

Quantidade

 Descrição Material Permanente

01

Computador

02

Mesa

01

Arquivo de aço

30

Cadeira

01

Aparelho de Telefone

01

Filtro de água

01

Rádio

 

  1. Capacitação da Equipe

Frequência

Tipo

Tema

Quantidade e Função/Quem participou

Anual

Reunião

 Planejamento, avaliação mensal dos encontros realizados.

01 Resp. Tec Social

01 Educadora Social

 

         

Investimento do CEBAS

Aplicação:  Em 2019, foi aplicado o valor de R$ 402.603,61(Cota Patronal)

Resultado qualitativo e quantitativo: Melhoria dos salários de profissionais, compra de materiais de custeio, a ampliação dos atendimentos indiretos, o enriquecimento   das ações e fortalecimento na qualidade dos serviços prestados à população.